Translate

17 de agosto de 2012

Maestro Zubin Mehta rege Sinfônica Heliópolis em concerto no Theatro Municipal, dia 22 de agosto, com o violinista Julian Rachlin como solista



Em mais um momento histórico de sua trajetória, a Sinfônica Heliópolis, grupo de excelência artística do Instituto Baccarelli, subirá ao palco do Theatro Municipal de São Paulo, no próximo dia 22 de agosto, às 21h, para ser regida pelo consagrado maestro indiano Zubin Mehta, num concerto que ainda terá como solista convidado o violinista lituano Julian Rachlin, considerado um dos principais musicistas do cenário erudito europeu na atualidade.

Além de reunir todos estes talentos no palco, a ocasião é ainda mais especial, já que foi idealizada pelo próprio maestro e terá toda renda da bilheteria revertida para os projetos de ensino musical do Instituto Baccarelli. Além disso, será a primeira vez que o maestro Zubin Mehta conduzirá um concerto inteiro de uma orquestra sulamericana, em mais de 50 anos de carreira.

O programa escolhido para este concerto especial traz As Bodas de Fígaro, de Mozart; o Concerto Para Violino em Ré Maior, de Beethoven; e a Sinfonia Fantástica, de Berlioz.

A relação de Zubin Mehta com a Sinfônica Heliópolis - da qual é patrono - e com o Instituto Baccarelli vem de longa data. No ano passado, quando esteve no país com a Filarmônica Jovem de Israel, Mehta não só fez questão de realizar uma de suas habituais visitas ao Instituto, como também reuniu as duas orquestras em uma apresentação em Paulínia (SP). “É um alento para mim ver estes jovens. Eles são o alimento para o futuro da música clássica”, declarou, à época.

Julian Rachlin, por sua vez, também tem estreitado seu convívio com os músicos de Heliópolis. Em abril deste ano, apresentou-se como solista e regente pela Temporada de Concertos da orquestra em São Paulo, além de ter realizado masterclasses de violino para alunos do Instituto Baccarelli e de outras instituições do país. Por fim, ainda levou sua música ao Morro Santa Marta e à Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, acompanhado por Tiago Vieira Rocha, violista da Sinfônica Heliópolis.

Para Edmilson Venturelli, diretor de relações institucionais do Instituto Baccarelli, “além de um belíssimo concerto, com um dos melhores maestros do mundo e um solista talentosíssimo, este evento será um encontro muito especial entre a Sinfônica Heliópolis e dois de seus grandes apoiadores – Zubin Mehta e Julian Rachlin, no palco. Ficamos muito honrados com a iniciativa do maestro e a disponibilidade de ambos para tudo a respeito deste concerto, em prol do Instituto”.